23 agosto 2006

go vacai?


image from web ... este nao é o retrato do Donald

Aqui fica mais uma vez uma pequena passagem sobre o Donald, o chinês que conduz o elevador aqui da 22 East.
Já lá vai cerca de um ano e meio que tenho vindo a fazer um esforço para entender o que o Donald diz. Não é nada fácil, ele esforça-se mas aquele sotaque soa-me sempre a chinês!
Já vou construindo um pequeno dicionário, “plai” é uma mosca, “co” é frio, “ho” é calor, “lunt” almoço, “ai” gelo, “be” campainha, “clo” fechar … por ai fora. Uma frase inteira torna-se complicada de interpretar.
Ontem perguntava-me ele o que eu ia almoçar, eu sem saber o que responder disse “Pizza”, responde-me ele rapidamente “ pia no goo, to mate oiii”! Tem razão, pois claro, por isso é que ele é magro e tem saúde para dar e vender, não come coisas com demasiado óleo. O Donald é bem-disposto e passa o tempo a rir e a contar piadas, pena que nós não as percebemos. Mas no outro dia saiu-se com esta: “weeked, two dai vacai”, “iu go vacai summer?” Eu disse que sim… sem querer adiantar muita conversa. Nisto ele baixa a cabeça com um ar triste e diz “ me no vacai, neva, no badi ke!”

2 comentários:

Palavra Alada disse...

as linguas tem ritmos, e as vezes pensar nesses ritmos ajuda! ;) por exemplo, a lingua japonesa é totalmente diferente da chinesa, contudo um europeu consegue com facilidade e com um bocadinho de atenção distinguir uma da outra simplesmente pela vogais abertas e pelo ritmo.

claudette disse...

quanto mais escreveres estas historias melhor. basta depois uma revisão e a tua cara sorri sem dares conta!

"ip ò oin" ('tava a experimentar...)