27 outubro 2006

Estou cheia de inveja!


fotografia de Maria Antónia

Digamos que viver deste lado pode ser motivo de inveja de muito boa gente! Inveja no bom sentido, por favor, não me interpretem mal. Por poder passear nestas ruas todos os dias, e andar neste metro barulhento, velho e sujo, onde cantores de Jazz se iniciam, grupos de rock fazem as suas primeiras experiências, dançarinos tentam a sua sorte. Inveja por passar todos os dias pela Union Square onde se fazem todas as segundas, quartas e sextas o Mercado Verde, com produtos frescos vindos das hortas e quintas dos arredores longínquos da cidade, mil flores coloridas, maças de tantos sabores e cheiros, plantas para decorar, outras medicinais e aromáticas; gente, muita gente que à hora do almoço, que se encontram para fazer umas comprinhas para logo preparar o jantar.
Mas na verdade eu é que estou cheia de inveja… de não poder estar noutro jantar… o Segundo jantar Marroquino. Ai que saudades de Marrocos, dos amigos que foram comigo a essa terra quente e árida, tão profunda e cheia de mistério, e cheia de saudade.
Digamos que estas pequenas invejas são saudáveis e ate desejáveis e eu quis partilhar um pouco deste sentimento pouco nobre com quem desse lado está, de modo a mostrar como são pequenas coisas que nos fazer o dia feliz e não só o facto de se viver e trabalhar numa grande metrópole que parece ser motivo para muitos de um pequeno sentimento de “inveja”.
Aqui fica a minha presença, de um certo modo, no jantar Marroquino!
Um abraço a todos.

4 comentários:

ss disse...

ai que inveja....de nao ter ido!

jocas

ps- temos de ir a um restaurante marroquino um dia destes!

Mia disse...

Ohh isso não é "inveja" "inveja" é ""inveja"", ou melhor, saudades, que é um sentimento muito bonito.
Essa foto está mm gira, parece assim de uma revista, toda pro.
Por acaso tb fui a Marrocos numa viagem td marada, marcada em cima da hora, alugar uma carrinha, um mitra atrás, mas há montes de alturas da viagem que está tudo blurry... I wonder why...

Inês disse...

Essas "invejas" sao das melhores que se podem ter. O melhor que já fiz, quando me encontrei na mesma situaçao que tu foi telefonar à hora do jantar... Sao uns 10 ou 15 minutos loucos (a passar o telefone de mao em mao), mas que ficam frequinhos na memoria durante umas largas semanas... :)

Falando em restaurantes marroquinos, há um mto fixe na St. Marks place (quase na 1 Av, acho) que tem uma das melhores sobremesas que já provei na vida! ;)
beijinhos

elisabete duarte disse...

Ha Ha Ha... foi o que eu fiz! telefonei ha hora do jantar e falei com a anfitria da festa, ainda lhe dei os "Parebens" e ouvi um coro do outro lado a enviar-me beijinhos! Delicioso!
Quanto a' comidinha que pelo telefone ainda nao da para provar...agucou-me a cuiosidade e um dia destes vou a um marroquino, tambem ha alguns aqui pelas terras da Rainha (Queens)