28 outubro 2008

Gaijas boas versus Halloween


 photo by Raquel Duarte

O Halloween é supostamente o dia dos mortos, como nós temos o 1 de Novembro, o dia em que homenagiamos quem já não faz parte do nosso mundo. Os americanos aproveitam e fazem do dia anterior, 31 de Outubro, o “Carnaval” deles. Ora faz todo o sentido mascararem-se com figuras de terror relacionados com a temática da morte…mas a imaginação e o desejo deles de terem um dia para serem outro alguém, pelo menos por uma noite, estende-se para lá dos temas do outro mundo e assim dão largas á imaginação. Mas o problema é que não são assim tão criativos, ou pelo menos criativas, é que as americanas mascaram-se todas de “gaijas boas” todos os anos. Desde que as pernas e as mamas estejam de fora só muda a cor da (pouca) vestimenta e dão-lhe um nome diferente: de preto com folhos brancos dá uma empregada de limpeza, de cor-de-rosa aos tules, bailarina; de verde com folhas na saia, uma árvore; com meias ás ricas vermelhas e tranças no cabelo, uma menina; de saia cinza e suspensorios, uma colegial; de botas e casaco de cabedal, polícia; de branco e caixa de primeiros socorros nas mãos, enfermeira; de avental, cozinheira… e por ai a fora…mas a diferença está apenas nas cores, mesmo!
Depois há quem ponha uma máscara na cara e “prontos”! simples! … miiiiiiauuuuuuuuuuu

2 comentários:

Claudette Guevara disse...

Aqui em Portugal, já se fala em tradição de Halloween, como se toda a vida estivessemos ligados com esta prática...

Eu, como naturalmente já sou meia bruxa, não preciso de fantasias. Eheheheh!

mui mia disse...

uau! e que miau ;)