06 novembro 2008

desculpas!

Ás qurata-feiras vou ao yoga com o Francisco (hoje doem-me os abdominais) e por isso não saio de casa muito cedo, aproveito para dormir mais um bocadinho com o meu filhinho depois do primeiro pequeno almoço dele ás seis da manhã. Mas não era sobre ele que ía falar, mas isto serve para explicar porque é que não tenho nenhum jornal americano, nova-iorquino, do dia 5 de Novembro de 2008. É que, quando cheguei á rua, já todos os jornais tinham esgotado. Pelas nove e meia da manhã já não haviam jornais nas bancas, apenas nas mãos dos nova-iorquinos que os liam com um sorriso cumplice nos rostos de olheiras de quem se deitou tarde e festejou à grande.

Quando cheguei ao yoga, antes de começarmos a aula, uma das mães comentou, “estes são os bebés da nova era Obama!”

3 comentários:

Baú de Mimos disse...

:)

Engraçado como de repente quase todo o mundo ganhou uma nova esperança e um novo fôlego... bem, que seja para durar e durar e durar...

Beijinho

Claudette Guevara disse...

Eu guardei o jornal. Para daqui a muitos anos recordar e mostrar aos meus netos.

Quiçá tenhas de lhes explicar o que é um jornal, em papel.

Claudette Guevara disse...

Gralha: "quiça EU tenha de lhes explicar..."